Autor MTW. Data da publicação 13 de Maio.

A duração do confinamento obrigatório em Portugal foi de, aproximadamente, 2 meses, 3 períodos consecutivos de Estado de Emergência. Nos dias de hoje, Portugal encontra-se em Estado de Calamidade, que teve início no dia 3 de Maio.

Resumidamente, as medidas obrigatórias nesta fase são o uso de máscaras e/ou viseiras em serviços de atendimento ao público, estabelecimentos comerciais, transportes públicos e escolas e a recolha domiciliária, sendo obrigatória para os infectados. 

No dia 8 de Maio, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, alertou que era cedo para medir o impacto dos primeiros passos de desconfinamento, pelo que reforçou e apelou ao povo português para não facilitar e manter a precaução

Actualmente, devido ao desconfinamento gradual, alguns espaços voltaram a abrir, como comércios locais, cabeleireiros e a capacidade de transportes públicos.

No entanto, serviços oferecidos por boxes e ginásios ficaram à mercê dos resultados do primeiro balanço do desconfinamento, sem data agendada para reabrir.

Ao contrário das competições oficiais de  Futebol, cerimónias religiosas, museus e cinemas que já têm data prevista para abrir as portas, apontada para 4 de Junho.

Todo o Universo de Fitness aguarda neste momento o balanço da 1ª fase de desconfinamento, no dia 18 de Maio, com esperança que este seja positivo e que as boas notícias permitam a marcação de uma data oficial de reabertura. De modo a que a retoma de actividades para as boxes e ginásios seja possível, e que os sócios-atletas procurem retomar as suas rotinas.

Contudo, na Região Autónoma da Madeira as notícias já são mais animadoras para os profissionais e amantes de Fitness, uma vez que já tiveram autorização para proceder à abertura de ginásios e boxes, no dia 12 de Maio. A Naval Box e a sua comunidade já estão juntos de novo!

Em Portugal, segundo o relatório diário disponibilizado pelo Ministério da Saúde sobre o ponto de situação do Covid-19, foram contabilizados 27.913 infectados, 3.013 já recuperaram, valor este que corresponde a 10.8% dos casos confirmados de infecção e, infelizmente, 1.163 perderam a batalha.

Fontes: https://www.dgert.gov.pt/plano-de-desconfinamento; https://www.portugal.gov.pt/download-ficheiros/ficheiro.aspx?v=145dfa9e-1f15-418c-9295-6388d7d5faff; https://covid19.min-saude.pt/


Segue-nos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Name